Vou começar te fazendo uma pergunta: Você acredita em alma gêmea? E se a sua estivesse perdida? Isso pode ate parecer loucura mas foi o que aconteceu com Sofia em Perdida, obra de Carina Rissi. Da uma olhada na sinopse aqui abaixo e bora pra resenha. 
Atenção: esse texto podem conter pequenos spoilers, tento ao máximo evitar. 

Titulo: Perdida um amor que ultrapassa as barreiras do tempo.
Autor: Carina Rissi.
Ano de publicação: 2013.
Sinopse: "Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... Perdida é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página."

Bem, Carina tem uma escrita leve, descontraída e muito bem construída, não enche o livro de palavras "bonitas" e isso é de longe uma das coisas que eu acho mais importantes na literatura do nosso pais. Já somos um pais com baixo índice de leitores, com baixo índice ate mesmo de alfabetização, então, para mim obras não devem ser cheias de palavras que não sabemos os significados porque isso acaba por nos desmotivar a ler, principalmente quando o leitor não teve tamanha alfabetização para compreender o que esta escrito no livro. Não é uma historia grande e desenrola bem facil a leitura. Carina conseguiu fazer o que eu jamais esperava, transformar um romance clichê em algo nem um pouco clichê. 

Sofia é uma jovem pacata, com uma vida estressante, que não da bola para amor, em uma saida com uma amiga a garota acaba por estragar seu telefone e precisa urgentemente de um novo, na manha seguinte ela segue a uma loja perdida em seus próprios pensamentos e compra um celular novo. Ao ligar o telefone um clarão surge e ela é "teletransportada" para 1830! 
Desnorteada, sem ideia do que precisa fazer para voltar, com roupas totalmente fora do padrão e o novo celular sem nenhuma utilidade, Sofia tenta entender o que exatamente aconteceu quando Ian cruza seu caminho e lhe oferece ajuda, sem ter muita opção e ainda tentando entender onde estava ela acaba aceitando. 
Dali a historia começa, Sofia recebe uma ligação no telefone explicando a ela sem nenhum detalhe o que ela estava fazendo ali e que devia procurar um meio de voltar. Enquanto ela procura por ajuda acaba se envolvendo na vida daquele século, conhece um pouco mais sobre Elisa irmã de Ian, Teodora uma amiga de Elisa, e outras pessoas da cidade e de seu convívio
Quanto mais tempo Sofia passava por lá, e por mais que ela tentasse focar nas mensagens que recebia vez ou outra sobre sua volta pra casa, mais ela desenvolvia uma paixão reciproca por Ian.  Seu amor a faz questionar se voltar é realmente seu desejo, e o que ela precisa fazer para ficar onde seu coração quer estar. 

A reta final do livro me deixou bastante aflita, eu não consegui parar o livro até acabar de tão envolvida que fiquei, Sofia luta muito por seu amor independente das coisas saírem ou não como ela esperava o que torna impossível largar a leitura por tamanha curiosidade em saber se ela conseguirá ter o que tanto quer, me surpreendi com fatos que aconteceram com a garota e me desesperei com ela em alguns momentos. Se eu ja tinha chorado no meio do livro imaginando o que poderia acontecer caso ela conseguisse cumprir a missão, no final eu chorei ainda mais com tudo que aconteceu. 

Eu confesso que não dava nada por esse livro mas eu me surpreendi demais, não seria mentira se eu dissesse que me apaixonei por Ian e Sofia, e para minha felicidade - e a de todos que assim como eu amaram o livro - temos uma sequencia de mais 5 livros, que eu já pretendo trazer para vocês sobre pois estou sedenta para saber mais sobre esse casal e os demais personagens da saga. 

Ah e lembra da pergunta que fiz ali no inicio do texto? Ao ler você vai entender. Beijinhos e até mais.