Hoje eu venho trazer para vocês a resenha de um livro super interessante que eu li essa semana. 
"Fagulhas de Sombras" escrito por Crísthophen Nóbrega baseado no conto "como não fazer uma varinha magica", da uma olhadinha na sinopse aqui a baixo e bora pra resenha..
Atenção: Essa resenha pode conter spoilers, tento ao máximo não postar como sabem mas sempre sai uma coisinha ou outra.

Titulo: Fagulhas de Sombras
Autor: Crísthophen Nóbrega
Ano de publicação: 2020
Sinopse: "Analice Francisca tem quase dezesseis anos, vive em uma cidade pequena, adora ler, roubar biscoitos recém saídos do forno e estar com Atlas; o lindo gato de pelagem amarela. Mas não se deixe enganar, embora pareça, ela está longe de ser uma jovem comum. Analice é uma bruxa e assim como a mãe e a tia, faz parte de um grupo de mulheres praticantes de magia. Mesmo com grande potencial, a jovem não quer saber de poções, feitiços ou maldições. Porém, tudo muda quando um caçador chega a Cerveiros e a vida da jovem mergulha em um turbilhão de angústia e anseio por vingança. Ela aprenderá que há verdade na frase: Os deuses antigos estão observando."

O livro nos traz a historia de Analice, aquela típica garota bruxa com poderes em desenvolvimento que só quer ser normal, embora sua família tente sempre explicar ela todos os deveres que ela tem que carregar, Analice não dá a mínima importância para essas coisas, apenas quer viver sua vida normalmente com seu gato Atlas. 

Sua magia está cada vez mais forte e isso vai se tornando cada vez mais evidente, um incidente que ocorre em uma reunião das jovens bruxas do coven serve de limites para provar isso. Um fato interessante é que Alanice ouvia sempre uma voz irreconhecida a chamar. Preocupada com tudo que vem acontecendo, sua tia Clarissa - que também é a líder das bruxas - sugere a sua mãe que a garota more com ela para estudar melhor essa magia antes que a menina não consiga controlar os poderes e seja uma portadora do mal. Mesmo com a garota relutante em ir viver com sua tia, alguns acontecimentos na trama e a chegada de caçadores de bruxas a cidade, ela não tem outra opção a não ser ir morar com sua tia. 

Com o passar do tempo a voz chama ainda mais Analice, mesmo com sua tia tentando a proteger de nada adianta, e como uma bomba o ultimo acontecimento em sua casa serve de isqueiro para acender o pavio e explodir a garota. Com raiva, magoas e um desejo de vingança, Analice junto a essa força que a chama partem a procura de vingança sem poupar nenhuma alma da cidade.

Na minha opinião é um livro muito bom e uma historia que embora lendo eu tenha sentido ser bem infanto-juvenil foge daquela coisinha clássica dá bruxa que precisa aprender a controlar seus poderes para poder continuar o legado da família, tem uma pitada dark que deixa um pouco mais interessante e menos clichê, o erro do livro foram os saltos temporais, os anos dela se passam muito rápidos e sem detalhes, não da pra saber direito como foi pra ela controlar seus sentimentos ou amadurecer e controlar tão bem seus poderes que antes ela não conseguia. 

Tem muita coisa dentro do universo que pode ser explorada, o que da uma deixa para mais livros, o autor tem uma escrita bem direta, ótimo para curar ressaca literária, a leitura desenrola rápido, pena que aqui desenrolou rápido demais. Por enquanto o livro se encontra apenas em e-book, mas já esta sendo providenciada sua estreia em livro físico, mal posso esperar para ver essa edição.